Pilates Terapêutico

 em Sem Categoria

O Pilates vem sendo praticado no mundo inteiro há mais de 50 anos. Grande parte dos profissionais que trabalham com Pilates, hoje, são fisioterapeutas.

O Pilates, com todas as suas possibilidades de fortalecimento, alongamento, mobilização, favorecimento da coordenação motora, e auxilio no ganho da consciência corporal, tem trazido para a fisioterapia um vasto repertório de exercícios que auxiliam o processo de reabilitação.

O Pilates Terapêutico é altamente eficaz no alívio e na prevenção de muitos problemas corporais, pois visa a correção dos desalinhamentos articulares e trabalha muito com a mobilidade, equilíbrio e estabilização da coluna cervical, com um foco direcionado ao aumento da resistência da musculatura profunda do abdômen e do tronco, que garante proteção da coluna em todas as atividades diárias, em posições estáticas e/ou dinâmicas, de baixo ou alto impacto e que exijam diferentes habilidades, como sentar, correr, praticar esportes, cuidar da casa, etc.

Quanto maior a estabilidade da musculatura profunda, maior é eficiência dos movimentos corporais.

São muitas as possibilidade de indicação terapêutica: casos ortopédicos, traumatológicos, pós-cirúrgicos, reumatológicos, gestantes, respiratórios, neurológicos,

A partir de um diagnóstico adequado, o fisioterapeuta terá como função, estabelecer objetivos diretos para o tratamento do seu paciente, determinados através das necessidades que a patologia nos apresenta e, das deficiências apresentadas pelo paciente.

O Pilates pode ser utilizado em todas as fases do  tratamento. Uma vez traçado os objetivos, cabe ao fisioterapeuta escolher dentro do enorme repertorio do Pilates os exercícios que deverão ser utilizados em cada sessão.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

0