Dor crônica no pescoço: qual condição causa minha dor no pescoço?

A dor crônica é incômoda e leva as pessoas a atitudes drásticas, às vezes sem necessidade.

A coluna cervical é uma rede coordenada de nervos, ossos, articulações e músculos dirigidos pelo cérebro e pela medula espinhal. É projetado para força, estabilidade e comunicação nervosa. Comumente, há uma série de problemas que causam dor no pescoço. Além disso, a irritação ao longo das vias nervosas pode causar dor nos ombros, cabeça, braço e mão. A irritação da medula espinhal pode causar dor nas pernas e outras áreas abaixo do pescoço. A dor que persiste por meses pode sinalizar uma causa médica que precisa ser abordada:Pescoço rígido que dificulta a torção da cabeçaDor acentuada ou esfaqueada em um só lugarDor ou sensibilidade em uma área geralDor que irradia para baixo nos ombros, braços ou dedos; ou irradia até a cabeça Em alguns casos, outros sintomas associados à dor no pescoço são ainda mais problemáticos, tais como:Entorpecimento ou fraqueza que irradia no ombro, nos braços ou nos dedosProblemas para agarrar ou levantar objetosProblemas com caminhada, equilíbrio ou coordenaçãoPerda de controle da bexiga ou do intestino A dor no pescoço pode ser menor e facilmente ignorada, ou pode ser excruciante até o ponto em que interfere com atividades diárias importantes, como o sono. A dor pode ser de curta duração, ir e vir, ou tornar-se constante.
A maioria das dores no pescoço podem ser tratadas com métodos não cirúrgicos, com orientação de um profissional médico:

Com massagens:  Muitas vezes empregado após a aplicação de gelo ou calor, uma massagem pode aliviar a tensão muscular e espasmos, reduzindo a dor. Com uma postura melhor: Se a postura fraca está causando a dor no pescoço, então as mudanças simples podem ser a solução. Isso poderia incluir a mudança de uma estação de trabalho para se tornar mais ergonomicamente correta, com uma cadeira, monitor e teclado posicionados de forma a manter o corpo, cabeça e pescoço mais alinhados em uma posição natural; ou aprender a dormir de costas (ao invés de dormir delado) com um travesseiro e colchão ergonomicamente corretos. Modifique seu estilo de vida. Se certas atividades podem causar dores no pescoço, essas atividades podem precisar ser limitadas ou evitadas. Por exemplo, se alguém gasta algumas horas todos os dias com o pescoço esticado sobre um smartphone enquanto digita textos para amigos amigos e verificando atualizações, então essa atividade deve ser reduzida; e o telefone deve ser mantido mais perto do nível dos olhos para manter o pescoço mais ereto enquanto digita.